Porque aprender Sketch Up

Muitas vezes ao criar um projeto de arquitetura necessitamos de uma maquete eletrônica para expressar nossos pensamentos e intenções para o cliente ou mesmo para o professor. Hoje em dia há diversos programas no mercado, como Sketch Up, 3D Max, Revit,Auto Cad 3D entre outros, cada um com suas características específicas.


O sketch Up é um programa criado em 2006 e hoje se encontra na versão 8.0 Pró. Ele ganhou bastante espaço no mercado nos últimos anos por conta de suas facilidades. É um programa de fácil aprendizado por ter uma interface simples e objetiva, fazendo com que estudantes e profissionais da área possam aprender com facilidade e sentir-se realizados ao ver um resultado positivo logo de início.

O programa é usado por engenheiros, produtores de jogos, mas principalmente por arquitetos. Isso acontece porque é um programa de modelagem rápida, ajudando o profissional a não perder tempo diante da diversidade de tarefas exigidas pelo mercado.

O programa é uma folha de papel infinita em branco onde podemos criar e nos expressar. Podemos projetar desde a pequena escala (parafusos, móveis e casas) até grandes empreendimentos imobiliários, loteamentos e planejamento urbano de cidades.

Além disso, é econômico para seus usuários, pois pode ser baixado gratuitamente na internet no site do Google (empresa que desenvolveu o programa).Existe uma boa conexão entre outros programas como o Google Earth e Street View, que trazem para o modelo as condições físicas do local, como o entorno e os ângulos da incidência solar.

O Google oferece um site chamado 3D Warehouse, que é uma biblioteca virtual na qual os usuários do programa podem postar seus modelos e disponibilizá-los para que pessoas do mundo inteiro façam download gratuito. Esses blocos podem ser utilizados para agregar valor ao seu modelo, sendo eles mobiliário, vegetações, etc.

Ao trabalhar em conjunto com outros programas, o profissional pode melhorar ainda mais a qualidade de suas apresentações e a velocidade no desenvolvimento de estudos preliminares, pois existe a possibilidade de importar e exportar arquivos para programas como o AutoCad2D (formato dwg), 3D Studio Max e Revit (formato 3Ds), entre outros.

O produto final pode ser apresentado das seguintes formas:

-Imagem (Jpef ou Bitmap)
-Imagens sem fundo (formato png),
-Imagens em escala para Power Point (Eps),
-Imagens em escala (formato PDF),
-Vídeos (AVI), que podem ser editados em programas como o Windows MovieMaker, Sony Vegas, Adobe AfterEffects, etc.

As imagens podem receber renderizações de diversas maneiras. Existem programas que funcionam como Plugins, que ao serem instalados, se acoplam ao Sketch Up e geram texturas, reflexos,backgrouns (fundos), e luzes ao modelo. Como resultado, temos imagens noturnas e foto realistas de qualidade. Esse trabalho pode ser feito por programas como o V-ray e o Kerythea.

Para outro tipo de valorização de imagens, com características mais artísticas, podemos usar programas de edição como o Photoshop ou imprimir o desenho e valorizá-lo à mão livre.

Esperamos ter ajudado a começar a entender um pouco dos programas existente hoje no mercado e como podemos fazer nossas escolhas para termos uma boa produção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s